Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

Dias difíceis

          No ano em que o governo lança a grande operação de marketing chamada “e-escolinhas”, um impulso tecnológico virado para os jardins de infância, o blogue “Pequenos Jornalistas”, pioneiro entre nós no uso das novas tecnologias por crianças dos 3 aos 5 anos, deixa de fazer parte do projecto pedagógico do Jardim de Infância da Tremoceira com evidentes prejuízos para as crianças que frequentam aquela escolinha.

 
Bogue Pequenos Jornalistas
SEJAM FELIZES :)) é o último post do blogue dos Pequenos Jornalistas que encerra com um hino à Amizade. Don't Worry Be Happy, melhores dias virão.
          25 de Setembro de 2005, último dia da pré-campanha eleitoral para as eleições autárquicas. Com pompa, circunstância e muito eleitoralismo à mistura o presidente da Câmara José Ferreira inaugura aquele Jardim de Infância. Numa acção de “marcação” do nosso adversário (como o leitor saberá, eu era candidato nas listas do PS e responsável pela campanha) João Salgueiro, Rui Neves e outros foram à inauguração e sugeriram que os acompanhasse. Aquela era apenas uma acção de “afrontamento” pouco importante para a nossa estratégia. Como a minha concepção de campanha não passava por inaugurações, fiquei no carro. Enquanto esperava examinei todo aquele foguetório e o que verdadeiramente estava em jogo com aquele melhoramento. “Um dia hei-de voltar aqui...  e entrar”, pensei para comigo em jeito de desafio interior e, ao mesmo tempo, com um certo sentimento de culpa por aquele “uso abusivo” que, também a minha lista, estava a fazer daquela escolinha.
          E voltei.
          Em 2006, levei uma câmara de vídeo e passamos uma tarde a brincar aos telejornais. Fique sobretudo fascinado com a dedicação e competência da professora Graça no uso das Tecnologias de Informação, como instrumento pedagógico, corporizado no blogue “Pequenos Jornalistas” e no projecto “e-twinning”.
          Só a velocidade da internet era obstáculo.
          Assumi voluntariamente o papel de “embaixador” para a resolução do problema, dando-o a conhecer publicamente (ver Uma escola encantadora), falando pessoalmente com o vereador Rui Neves e enviando-lhe uma Carta Aberta.
          Em vão.
          Em 2007 voltei de novo ao Jardim de Infância. Através do blogue dos "Pequenos Jornalistas" fiquei a saber que Maria, uma das crianças, estava muito triste porque a gata dela havia morrido, atropelada por um automóvel. Agora a minha visita foi para levar uma gatinha pequenina que a Maria escolheu através de fotografias que enviei pela Net lá para a escola. Desta vez percebi um certo cansaço e desencantamento da professora, fruto do enorme empenho e de centenas de horas extra dadas ao projecto “Pequenos Jornalistas” sem que houvesse, por parte da Câmara o reconhecimento da necessidade da internet de banda larga, apenas promessas evasivas.
          Recentemente fomos surpreendidos por uma polémica envolvendo o vereador dsa Educação, Rui Neves ,e o Blogue “Vila Forte” nas páginas do “Região de Leiria”.
          Neste jornal, Rui Neves parece questionar-se a si próprio: “Alguma vez faria alguma retaliação que envolve miúdos de três e cinco anos?” Sabemos bem a resposta. E Rui Neves também. Se as crianças estivessem no centro da acção política do vereador da Educação do nosso Município, há muito que o problema (simples, por sinal) da banda larga no Jardim de Infância da Tremoceira estaria resolvido. O resto são indisfarçáveis manobras de diversão e arrevesadas desculpas de mau pagador.
          Tempos difíceis, para as flores deste Jardim…
publicado por Joga às 00:01

link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Ana Narciso a 14 de Novembro de 2008 às 19:56
A estratégia ganhadora que lançou, o resultado final que conhecemos com as consequencias públicas e publicadas, será outro dos seus grilhões que o não deixarão sossegado para o resto da sua vida. Há experiências assim. Cada um tem a sua.
De Joga a 14 de Novembro de 2008 às 21:23
Olá Ana Narciso,
Respondendo com a maior seriedade ao seu comentário, que interpreto como um remoque político daqueles a que a nossa política local é fértil, quero dizer-lhe que apenas a minha consciência (formada entre a gente laboriosa e honesta que habita numa parte das serranias do nosso concelho) dita os grilhões que me amarram. Se ainda não está claro, este é o meu auto de Fé: acredito em Deus, na Justiça dos homens e nas virtualidades da Democracia. Na minha opinião, o seu comentário saiu fora de foco...
Abraço
De Ana Narciso a 14 de Novembro de 2008 às 21:54
Aceito a crítica , mas também não está isento nem acima de qualquer critica. Até podia ter corrido bem a sua aposta , mas não correu. Foi só isso que quis dizer. Desejo-lhe melhor sorte para si e para quem apoiar desta vez. Será bom para todos.
De Pedro Oliveira a 13 de Novembro de 2008 às 12:07
Já todos sabemos quem fala verdade neste triste episódio.Vamos aguardar para ver se há humildade politica para reconhecer o erro e, dotar aquela e todas as outras escolas,do Concelho ,de banda larga rapidamente.
Nem de propósito,esta semana Cavaco Silva apelava aos politicos que olhassem para as escolas e que não deixassem os alunos serem info-excluidos uns em relação a outros.

Comentar post

>posts recentes

> Inauguração

> Argumentário

> Rescaldo eleitoral

> Voto com sentido

> Pré-campanha quente

> Debate autárquico - 2ª Pa...

> Debate autárquico - 1ª Pa...

> Argumentário de Agosto

> Ambientalistas contra par...

> Argumentário de Julho

> O filho pródigo

> Felicidades, Júlio Vieira

> Argumentário de Junho

> Uma questão pessoal

> Um Concelho de Freguesias

> Vêm aí o S. Pedro

> Argumentário de Maio

> Um repto

> Vida de repórter

> Não há factos, só silênci...

>pensar

>edição

>pesquisar

 

>arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Novembro 2007

> Outubro 2007

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

> Junho 2007

> Maio 2007

> Abril 2007

> Março 2007

> Fevereiro 2007

> Janeiro 2007

> Dezembro 2006

> Novembro 2006

> Outubro 2006

> Agosto 2006

> Julho 2006

>feeds