Intervenção cívica. Pela PALAVRA livre e responsável, com Porto de Mós como pano de fundo.

NOTÍCIAS porto de mós

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Inauguração

A primeira quinzena deste mês foi pródiga em inaugurações no nosso concelho. “Campanha eleitoral com dinheiros do município”, disseram uns, “prestação de contas ao eleitorado”, retorquiram outros. Estes são, afinal, os dois argumentos que confirmam a dificuldade da alternância política. Para alegria do povo, “pão e circo” estarão de volta daqui a quatro anos.

 
          Na sobriedade de quatro paredes, os eleitos locais tomaram posse esta semana. Assisti a esse acto, solene pela expressão da vontade popular que representa, na nova sede da Junta de Freguesia do Alqueidão da Serra. Esta foi a verdadeira inauguração da casa de todos os alqueidanenses. Sem pompa, sem circunstância, mas com a dignidade que todos os eleitos colocaram na tomada de posse.
          A casa é espaçosa, está bem equipada, confere um bom espaço de trabalho aos gestores da Freguesia e revela-se acolhedora para os cidadãos. Mas, mais importante do que isso, foram as intenções, os votos e os desejos expressos na sessão de tomada de posse dos órgãos autárquicos. Todos têm, apesar da escassez de recursos, o desenvolvimento do Alqueidão e a qualidade de vida dos seus habitantes como centro das preocupações políticas. Com diferentes visões, mas unidos no amor àquela terra.
          Trinta e cinco anos depois do 25 de Abril, o Alqueidão inaugura, também, um novo ciclo nos direitos cívicos ao ter, pela primeira vez na sua história de quase 400 anos, uma senhora na Junta de Freguesia, como Secretária.
          Pela sua importância e significado, a única inauguração da sede da Junta que ficará para a história desta Freguesia será, pois, aquela que se realizou na passada segunda feira, pelas 21h30.
          Votos de felicidades a todos os eleitos. 

Segue João Gabriel no TwitterVeja o meu Facebook

 

 
publicado por Joga às 00:01

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Ricardo a 6 de Novembro de 2009 às 00:06
Pa alegria do povo " pão e circo"..... Olhe que o povo também não é assim tão tapado.

Semana pródiga em inaugurações, é obra. E como o Sr joão Salgueiro disse. "Tenho obra feita".
Agora as vozes discordantes deviam de cingir-se aos quês e porquês de cada obra. Alguns exemplos:

Espaço jovem - Melhorou a localização, mas agora o que se faz ao espaço que funcionava de maneira similar, ou seja, ecoteca.

Melhoria da ponte - Alguem alguma vez sentiu transito parado por lá. Em contrapartida a " variante" onde agora passa o transito apresenta problemas, logo secalhar a intervenção por lá era mais importante.
Mesmo que a tal obra de melhoramento da ponte tivesse sido imposta pela EP. Não seria mais funcional dar um puxão de orelhas na dita variante de maneira a que esta recebesse o transito de desvio em melhor condições ( as coisas bem feitas até se conseguia ir buscar umas ajudas boas á EP visto que o melhoramento foi imposto por ela). Basta passar por lá entre as 8:15 e as 9:00 para ver um fluxo de transito
bastante grande para Porto de Mós.

A famigerada casa mortuária - Obra precisa, espaço para a localização condicionado, mas a aparecer onde surgiu vai obrigar a que o mercado saia dali. Então onde vamos colocar o mercado?

outra situação, voce no seu texto faz referência ao novo espaço da junta de freguesia do alqueidão. Não conheço, logo não sei se foi feito de raiz ou se foi remodelado.

Numa visão um tanto mais ampla penso que o Alqueidão deve ter uma escola primária tal como Casais Dos Vales e outras terras por aí que possivelmnete com as politicas do Sócrates na educação(as situações dos transportes, nº de alunos e por aí) deve estar ao abandono. Como tal acho que se devia de pensar o que fazer a estes novos espaços mortos, logo penso que seria mais vantajoso ter aproveitado esse espaço para a nova sede da junta e assim optimizavamos esses espaços evitando assim um olhar de abandono sobre a terra.

É assim que pelo menos eu penso....

Comentar post

>alerta gripe A

Clique aqui

Veja AQUI as recomendações do Departamento de Saúde Pública do Ministério da Saúde.

 

 

>pensamento do mês

 

>bloco de notas

 
   
>twitter

Segue-me em http://twitter.com
 
 

>vox pop

>iniciativas

 

PrémioPM

saber mais

ver candidatos

 

>videos


 

Impulso Tecnológico

Vídeo-documento

Quebar barreiras

Concelho turístico

Prevenir, prevenir, prevenir

Espírito de Natal

Há Movimento na Serra

PDM com Rosto Humano

>pensamento lógico

 

JUNHO

MAIO 09

ABRIL 09

MARÇO 09

FEVEREIRO 09

JANEIRO 09

DEZEMBRO 08

NOVEMBRO 08

OUTUBRO 08

SETEMBRO 08

AGOSTO 08

 JULHO 08 

 JUNHO 08

MAIO 08

ABRIL 08

MARÇO 08

FEVEREIRO 08

JANEIRO 08

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>posts recentes

> Inauguração

> Argumentário

> Rescaldo eleitoral

> Voto com sentido

> Pré-campanha quente

> Debate autárquico - 2ª Pa...

> Debate autárquico - 1ª Pa...

> Argumentário de Agosto

> Ambientalistas contra par...

> Argumentário de Julho

> O filho pródigo

> Felicidades, Júlio Vieira

> Argumentário de Junho

> Uma questão pessoal

> Um Concelho de Freguesias

> Vêm aí o S. Pedro

> Argumentário de Maio

> Um repto

> Vida de repórter

> Não há factos, só silênci...

>pensar

>edição

>pesquisar

 

>arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Novembro 2007

> Outubro 2007

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

> Junho 2007

> Maio 2007

> Abril 2007

> Março 2007

> Fevereiro 2007

> Janeiro 2007

> Dezembro 2006

> Novembro 2006

> Outubro 2006

> Agosto 2006

> Julho 2006

>this in English

>feeds