Intervenção cívica. Pela PALAVRA livre e responsável, com Porto de Mós como pano de fundo.

NOTÍCIAS porto de mós

Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Voto com sentido

Votar é um acto íntimo de cidadania. Na privacidade da cabina de voto, cada um de nós faz o seu juízo acerca das propostas e dos candidatos que se apresentam a sufrágio e vota em consciência, e vota em liberdade, sabendo que o seu voto conta - esta é a essência da democracia.

 
Eu Voto          O voto é secreto, mas ninguém vota secretamente. O meu voto, no próximo domingo, não é, por isso, tabú. Da avaliação que faço da nossa política local, depois de assistir aos debates radiofónicos (faço jus ao belo serviço público que os meios de comunicação social locais prestaram!) procurarei votar com sentido.
          Para a Câmara Municipal apresentam-se basicamente dois candidatos: Salgueiro e Júlio Vieira. Representam, a desilusão e a esperança, a charlatanice e a seriedade, o calculismo e o voluntarismo, o conformismo e a capacidade de sonhar. Na acção política, Salgueiro tem muito de cigarra e Júlio apresenta bastantes traços de formiga. Salgueiro quer apenas votos para alimentar o seu ego e a sua estratégia de poder, Júlio precisa de votos de confiança para implementar o plano que desenhou para desenvolver o nosso Concelho. Um não vê mais além que o limite da sua própria sombra, outro vislumbra um horizonte que se confunde com o céu. O sentido do meu voto vai, assim, para Júlio Vieira. Dar-lhe-ei um voto de confiança.
          Para a minha Junta de Freguesia, os protagonistas são outros e o sentido do meu voto também. Estimo pessoalmente Rui Marto e José Cordeiro e felicito os dois por se disponibilizarem para servir a população da minha freguesia. Mas não tenho dúvidas quanto à capacidade de cada um para desempenhar a função a que se candidatam. José Cordeiro é um homem bom, de uma geração que lutou pelo desenvolvimento da freguesia mas cuja formação pessoal e profissional não se enquadra, do meu ponto de vista, nas competências exigidas a um presidente de Junta de uma Freguesia moderna como a de Alqueidão da Serra. Rui Marto, sendo mais novo e, por isso, pessoalmente menos maduro, desenvolveu competências profissionais que têm demonstrado ser de grande utilidade para o desenvolvimento da freguesia. Sem desmerecimento para com o Ti Zé Farinhas, darei o meu voto de confiança ao Rui Marto, porém, com um pequeno receio - que, confrontado com a necessidade de defender os interesses da Freguesia, ceda à chantagem que os seus correligionários lhe farão, necessariamente, em relação aos seus próprios interesses pessoais e legítimos. Por outras palavras, Rui Marto pode ficar com "o rabo preso". Dou-lhe, por isso, um conselho, se me é permitido: denuncie a chantagem, se existir e quando existir, e fale sempre verdade à população do Alqueidão. Rui Marto terá uma missão fundamental, do meu ponto de vista, que é resolver definitivamente o diferendo do Parque Eólico. Ironicamente, o problema surgiu com ele na Junta. Depois houve um equívoco de quatro anos chamado Salgueiro, Rui Marto continuou na Junta. Creio que está na hora dos legítimos herdeiros do problema, (Junta PS do Alqueidão e Câmara PSD) se sentarem à mesa, nos dias a seguir à eleição e fazerem um acordo extrajudicial, corrigindo assim um erro que ficará na história da Freguesia e do Município.
          Feliz, votarei, domingo, com sentido. Vote também.
 

Segue João Gabriel no TwitterVeja o meu Facebook

 

 

publicado por Joga às 00:01

link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De Miguel F. a 14 de Outubro de 2009 às 14:28
A ser verdade a ida de João Salgueiro para o Governo Civil, que saúdo, ele devia levar o Zé Ferreira para chefe gabinete e o João Gabriel para assessor de imprensa, merecem pelo inestimável trabalho que tiveram para esta carreira fulgurante do nosso presidente.........................................................
De Joga a 14 de Outubro de 2009 às 15:58
A ser verdade essa notícia, é uma prova de que Salgueiro defraudou o eleitorado. Chama-se a isto... batota política. Espero que Salgueiro cumpra o mandato que os portomosenses lhe confiaram. Tem aqui mais uma boa oportunidfade para desfazer a ideia que tenho dele de homem sem palavra.
De Anónimo a 12 de Outubro de 2009 às 16:54
ficou com anta azia que nem pia agora não é?
De Joga a 12 de Outubro de 2009 às 17:49
Tenha calma, sr. anónimo. Já devia saber que eu só "pio" uma vez por semana e é à quinta feira (cada um sabe das suas limitações!) e democracia nunca me fez azia. E a si?
De anonimo a 12 de Outubro de 2009 às 22:00
A mim tambem nunca fez, mas voçe acredito bem que esteja com muita. ja agora, ajudou a ganhar a primeira vez e as segunda tambem, porque por causa das suas teorias e do mal dizer é que o senhor salgueiro ganhou da forma que ganhou, ihihiihi.
De Joga a 12 de Outubro de 2009 às 22:15
Caro anónimo, pode insistir em querer que eu tenha azia, que eu reafirmo que azia é mal que não padeço. Como diria um amigo meu, "cada um come o que quer e regurgita o que lhe apetece!" LOL
De Miguel F. a 11 de Outubro de 2009 às 22:03
Eu bem o avisei....
Depois desta derrota estrondosa do PSD como diria CR 9 que a drª Olga, o senhor Júlio, o inqualificável Gabriel Vala saibam colocar o rabinho entre as pernas e que peçam desculpa aos verdadeiros social democrats, este resultado envergonhs qualquer um de nós.RUA!
De M a 11 de Outubro de 2009 às 09:15
Depois de várias semanas a meditar no assunto posso dizer que vou votar de plena conscìência. Eu que sempre votei num partido vou, pela primeira vez votar sem cor mas nas conclusões que retiro dos candidatos. Votei no Salgueiro há quatro anos e as razões são óbvias: tirar o Zé Ferreira do trono. Hoje vou votar no Júlio Vieira, não porque me parece melhor ou tenha melhores propostas (não estou minimamente interessada no desenvolvimento do futebol) mas porque Salgueiro desiludiu no que respeita à qualidade mais importante de um ser humano: manter a palavra. Salgueiro fez coisas boas, temos de admitir que mexeu mais com o concelho do que o auitarca anterior. Mas a palavra de homem e a honestidade, e sobretudo a humildade, valem tudo. Vou pois dar o meu voto de confiança ao Júlio, muito embora a decisão ainda me pese um pouco, e talvez no último minuto vote em branco.
Quanto às autarquicas, há que separar o lado sentimental para se raciocinar correctamente. Estimo muito o Farinhas, o Rui Marto é um colega, mas não escolheria nenhum deles. Considero ambos pouco dinâmicos e com pouco peso a nível político. mas na falta de melhor candidato e não querendo deixar em branco, vou votar no Rui Marto precisamente por já estar na Junta e a par dos problemnas que ainda aguardam solução. Espero que se ganhar mantenha mão firme sobre os adversários e concordo com o Joga quando lhe dá os conselhos sobre nunca esconder a verdade à população do Alqueidão. Muito longe de o tornar um lider fraco, dar-lhe-á uma imagem de pessoa honesta e de confiança que esclarece à vontade as suas preocupações e obstáculos junto do povo. Porque ninguém pensa sózinho. Muita da História política no Alqueidão nos últimos 8 anos diz me que existia sempre um cérebro inteligente e uma mão de força atrás do autara lider. E agora, vejo Rui Marto praticamente "só".
Muita sorte.

Abbraço Joga
De Joga a 12 de Outubro de 2009 às 02:24
Por questões de natureza legal, só pude publicar este comentário depois de encerradas as urnas de voto. Mas... uma declaração de voto substantiva merece sempre um enorme respeito... independentemente do resultado eleitoral. Obrigado M.
De ricardo a 14 de Outubro de 2009 às 14:33
Penso que foi essa a abordagem da maioria dos portomosenses.... O Presidente Salgueiro tem falhado em muitas coisas, mas verdade seja dito que mexeu...... O candidato Júlio "pessoa" cria pouco concenso O PSD partido não está a respirar muito bem mas é sempre a alternativa a ter em conta. O programa é bom mas em contrapartida ele está a pedir 8 anos e não 4.... Por isso acho que muitos partiram para a cabine com a ideia no júlio e acabram por votar no Salgueiro.

Visto que o voto em branco na autarquia não é bem uma coisa de homens
De Miguel F. a 8 de Outubro de 2009 às 22:03
Eu sou o Miguel o verdadeiro o da Bayer,
Posto isto como é lógico acertei há dias que ia votar no Rui.Quanto ao resto já sabe a minha opinião, não vale a pena bater no ceguinho, em termo figurado lá está....
Prevejo que vai ter mais uma desilusão, em 2005 porque apostou no "cavalo" errado, domingo porque volta a apostar no "jumento" ao lado.
De Joga a 8 de Outubro de 2009 às 22:32
Olá Miguel.
A sua perspectiva da coisa é engraçada. PRIMEIRO, não conhecia a sua relação com a Maia (não estou a falar da abelha, estou a falar da taróloga! LOL) para prever o futuro. DEPOIS, áté concordo consigo se estivessemos a apostar numa corrida de cavalos! Mas um voto, não é uma aposta para ver quem ganha. Para mim, o voto é apenas a expressão da opinião de cada um de nós e não um boletim de apostas!
No domingo vote, mas não veja as eleições como um jogo de sorte e azar. Abraço
De Miguel F. a 9 de Outubro de 2009 às 16:04
Olhe que o seu exemplo me dá razão na minha teoria, pois qualquer que fosse o candidato peo PSD, este ano votaria nos laranjas, o ódio é tanto ao salgueiro que até me parece que se a "miquelina" se candidatasse você votaria nela,LOL.
Eu vou votar no MAN, para tirar de lá o Neves, associação de futebol de Leiria em Porto de Mós é que não.Tem ainda tempo para investigar, fale com a malta da bola a nível distrital e com quem trabalha com eles e veja se não é melhor votar CDU no domingo?Ainda vai a tempo de fazermos o 3,3,1.
De miguel a 8 de Outubro de 2009 às 10:22
Bom dia. Domingo devemos votar em consciência e na verdade e para isso devemos votar Júlio Vieira. Votar Salgueiro é votar na mentira é votar na desonestidades é termos uma terra cada vez mais medíocre e sem desenvolvimento . Como Alqueidoense o voto tb . tem de ser verdadeiro e por isso o Ti Farinhas é o melhor.
Miguel

Comentar post

>alerta gripe A

Clique aqui

Veja AQUI as recomendações do Departamento de Saúde Pública do Ministério da Saúde.

 

 

>pensamento do mês

 

>bloco de notas

 
   
>twitter

Segue-me em http://twitter.com
 
 

>vox pop

>iniciativas

 

PrémioPM

saber mais

ver candidatos

 

>videos


 

Impulso Tecnológico

Vídeo-documento

Quebar barreiras

Concelho turístico

Prevenir, prevenir, prevenir

Espírito de Natal

Há Movimento na Serra

PDM com Rosto Humano

>pensamento lógico

 

JUNHO

MAIO 09

ABRIL 09

MARÇO 09

FEVEREIRO 09

JANEIRO 09

DEZEMBRO 08

NOVEMBRO 08

OUTUBRO 08

SETEMBRO 08

AGOSTO 08

 JULHO 08 

 JUNHO 08

MAIO 08

ABRIL 08

MARÇO 08

FEVEREIRO 08

JANEIRO 08

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>posts recentes

> Inauguração

> Argumentário

> Rescaldo eleitoral

> Voto com sentido

> Pré-campanha quente

> Debate autárquico - 2ª Pa...

> Debate autárquico - 1ª Pa...

> Argumentário de Agosto

> Ambientalistas contra par...

> Argumentário de Julho

> O filho pródigo

> Felicidades, Júlio Vieira

> Argumentário de Junho

> Uma questão pessoal

> Um Concelho de Freguesias

> Vêm aí o S. Pedro

> Argumentário de Maio

> Um repto

> Vida de repórter

> Não há factos, só silênci...

>pensar

>edição

>pesquisar

 

>arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Novembro 2007

> Outubro 2007

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

> Junho 2007

> Maio 2007

> Abril 2007

> Março 2007

> Fevereiro 2007

> Janeiro 2007

> Dezembro 2006

> Novembro 2006

> Outubro 2006

> Agosto 2006

> Julho 2006

>this in English

>feeds