Intervenção cívica. Pela PALAVRA livre e responsável, com Porto de Mós como pano de fundo.

NOTÍCIAS porto de mós

Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

Ano três

          Sem pompa completámos dois anos de intervenção cívica no passado dia 9, cumprindo com escrupulosa preocupação o estatuto ao qual voluntariamente nos submetemos. Este segundo aniversário constitui, para nós, uma silenciosa comemoração da liberdade de expressão. Vamos continuar neste caminho.

 

          A publicação na blogosfera é uma actividade a que cada vez mais portomosenses se dedicam, usando o legítimo direito que a cidadania, mesmo a virtual, lhes confere. E não tem havido abusos ou atropelos embora, na expressão das ideias e na contundência das opiniões, muitas vezes seja gerado algum mal-estar. As figuras públicas da nossa terra prefeririam não estarem constantemente sob o escrutínio dos bloguista, mas esta é uma realidade, nova e incontornável, da democracia digital.
          Não admira, por isso, que a blogosfera seja um terreno propício para arquitectar estratégias eleitorais. Cada vez mais as correntes políticas de opinião circulam na blogosfera e procuram influenciar a comunidade dos seus leitores.
          O que não deixa de ser estranho, é o facto do poder municipal vigente e o partido que teoricamente o suporta, fugirem deste terreno de combate político como o diabo da cruz. Poderiam olhar para o exemplo que vem do presidente da Federação Distrital do PS que publica regularmente na Praça Stephens, ou então imitarem o comprometido Vila Forte, mas parece preferirem a táctica da avestruz. É certo que cada um tem direito à sua própria visão do mundo, mas não consta que seja particularmente relevante a visão de uma avestruz com a cabeça enfiada na areia…
          Por esta ocasião, chega-nos o endereço de mais um blogue de intervenção política no nosso concelho. Chama-se Barbichas e Companhia e é anónimo (tanto ao desgosto do nosso presidente da Câmara). Por enquanto parece ser como um prédio em construção, com vários apartamentos mas sem quase nada lá dentro. Dá indícios de ter escolhido o caminho tortuoso da sátira mas falta-lhe tempo de vida para percebermos a sua linha identitária.
          No segundo aniversário, “PENSAR porto de mós”, saúda este novo blogue, como mais uma rosa da liberdade de expressão plantada na nossa blogosfera local.

publicado por Joga às 00:01

link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Kuka a 25 de Julho de 2008 às 00:11
Parabéns...
De Ana Narciso a 24 de Julho de 2008 às 19:23
Parabéns pela critica construtiva e fundamentada com que nos brindou durante estes dois anos. Foi um grito permanente de desencanto por um compromisso que assumiu sem grande conhecimento do que estava em causa. Custou 4 anos de desinvestimento, 4 anos de subtracção ao erário público sem grande benefício para a população. O João Gabriel colocou este Executivo na Praça da República em 15 dias; nós vamos demorar anos a reparar os erros que entretanto foram cometidos. Há compromissos mais comprometedores e mais caros do que outros!!
Mas hoje é tempo de fazer Tchim-tchim.
Um abraço
Ana Narciso
De http://barbichasecompanhia.blogspot.com/ a 24 de Julho de 2008 às 15:22
Muitos parabéns e que este seja um dos muitos anos que por aqui o vamos ter.
Sem duvida um blog com um enorme interesse para a nossa região.
Obrigado pelos dois anos e pela ajuda no melhorar do nosso conselho.
Continua Sr. Joãozinho que o aqui o Barbichasecompanhia ficou muito contente com a referencia que fez dele.
Espero que nos deixem durar muito tempo.
MS
De MrCosmos a 24 de Julho de 2008 às 10:27
Parabéns, pelos 2 anos, pelo contributo e disponibilidade cívica que prestas ao concelho de Porto de Mós.

Um abraço,
Paulo César.
De pedro oliveira a 24 de Julho de 2008 às 09:08
Epá ,este ano passou-me!

Muitos parabéns ao "pensar Porto de Mós" e ao seu ideólogo, o nosso amigo João Gabriel.o "pensarPM" é uma referência na Blogosfera Portomosense e sei que vai continuar a sê-lo.

Caro João, estamos todos "comprometidos" em ajudar a pensar diferente a nossa terra e os nossos dias.Penso que ambos(vila e pensar) têm conseguido esse objectivo.

abraço
Pedro Oliveira
Um comprometido

Comentar post

>alerta gripe A

Clique aqui

Veja AQUI as recomendações do Departamento de Saúde Pública do Ministério da Saúde.

 

 

>pensamento do mês

 

>bloco de notas

 
   
>twitter

Segue-me em http://twitter.com
 
 

>vox pop

>iniciativas

 

PrémioPM

saber mais

ver candidatos

 

>videos


 

Impulso Tecnológico

Vídeo-documento

Quebar barreiras

Concelho turístico

Prevenir, prevenir, prevenir

Espírito de Natal

Há Movimento na Serra

PDM com Rosto Humano

>pensamento lógico

 

JUNHO

MAIO 09

ABRIL 09

MARÇO 09

FEVEREIRO 09

JANEIRO 09

DEZEMBRO 08

NOVEMBRO 08

OUTUBRO 08

SETEMBRO 08

AGOSTO 08

 JULHO 08 

 JUNHO 08

MAIO 08

ABRIL 08

MARÇO 08

FEVEREIRO 08

JANEIRO 08

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>posts recentes

> Inauguração

> Argumentário

> Rescaldo eleitoral

> Voto com sentido

> Pré-campanha quente

> Debate autárquico - 2ª Pa...

> Debate autárquico - 1ª Pa...

> Argumentário de Agosto

> Ambientalistas contra par...

> Argumentário de Julho

> O filho pródigo

> Felicidades, Júlio Vieira

> Argumentário de Junho

> Uma questão pessoal

> Um Concelho de Freguesias

> Vêm aí o S. Pedro

> Argumentário de Maio

> Um repto

> Vida de repórter

> Não há factos, só silênci...

>pensar

>edição

>pesquisar

 

>arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Novembro 2007

> Outubro 2007

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

> Junho 2007

> Maio 2007

> Abril 2007

> Março 2007

> Fevereiro 2007

> Janeiro 2007

> Dezembro 2006

> Novembro 2006

> Outubro 2006

> Agosto 2006

> Julho 2006

>this in English

>feeds