Intervenção cívica. Pela PALAVRA livre e responsável, com Porto de Mós como pano de fundo.

NOTÍCIAS porto de mós

Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

Guerras do Alegrim e Manjerona

          A resposta do PS ao comunicado do PSD mais parecem uma nova versão das Guerras do Alecrim e Manjerona, uma ópera joco-séria datada de 1738 da autoria de António José da Silva (o Judeu). Como tomada de posição politicamente relevante, fica apenas o facto do Partido Socialista afirmar a sua total confiança no executivo municipal e no seu presidente.

 

Comunicado PSD Réplica do PS

          De notar que os alvosdo actual despique se centram nas três vilas do concelho. É a aritmética eleitoral a dar os primeiros passos. Com efeito, todos o sabemos, a grande massa crítica de votos está nas três vilas, e, por isso, todo este alarido na “pré-marcação” de posições para a próxima luta eleitoral. Divertido é o facto da  linguagem dos comunicados, como na Ópera do Judeu,  não ser apenas um meio de expressão mas também o próprio objecto do que é tratado. Ela é, com efeito, o principal motivo de divertimento e teatralidade política. Sob este ponto de vista, o comunicado do PS ganha aos pontos. Começar uma comunicação oficial com uma justificação pública acerca do preço da publicidade é uma verdadeira pérola para deleite da audiência.

          Mas este comunicado é divertido também pelo seu aspecto minimal e imitativo. Vamos por partes. Para contra-argumentação minimal, bastaria pagar apenas meia página de publicidade no jornal local. Depois, esta nota oficial é formalmente um decalque do comunicado dos seus rivais do PSD, senão vejamos: foi publicado na mesma página 15 do mesmo jornal (O Portomosense), com o mesmo número de colunas (6) e com o mesmo tipo de letra. Terá a Comissão Política do PS tomado demasiado a peito a expressão “responder à letra” ? Há apenas duas diferenças formais em relação ao comunicado do PSD: muda o símbolo (pudera!), e o espaçamento entre linhas (a contra-argumentação minimal ao jeito de “curto e grosso” a isso obriga).  
          Entre a ópera “jocosa e séria” de António José da Silva e a teatral troca de comunicados há um reparo a fazer. Enquanto "Guerras do Alegrim e Manjerona" é uma obra profundamente barroca, a presente batalha dos comunicados representa a nossa política local...  tipicamente bacoca.

publicado por Joga às 00:01

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De pedro oliveira a 19 de Junho de 2008 às 14:29
Bacoca,parola e provinciana,como é apologia de quem é politico na nossa terra.Nunca esquecer,Porto de Mós é uma terra rural(sic).Como tal ,deve preservar as suas formas de vivência em comunidade.Os dois comunicados e principalmente a resposta do PS,está conforme.
Siga para Bingo!

Comentar post

>alerta gripe A

Clique aqui

Veja AQUI as recomendações do Departamento de Saúde Pública do Ministério da Saúde.

 

 

>pensamento do mês

 

>bloco de notas

 
   
>twitter

Segue-me em http://twitter.com
 
 

>vox pop

>iniciativas

 

PrémioPM

saber mais

ver candidatos

 

>videos


 

Impulso Tecnológico

Vídeo-documento

Quebar barreiras

Concelho turístico

Prevenir, prevenir, prevenir

Espírito de Natal

Há Movimento na Serra

PDM com Rosto Humano

>pensamento lógico

 

JUNHO

MAIO 09

ABRIL 09

MARÇO 09

FEVEREIRO 09

JANEIRO 09

DEZEMBRO 08

NOVEMBRO 08

OUTUBRO 08

SETEMBRO 08

AGOSTO 08

 JULHO 08 

 JUNHO 08

MAIO 08

ABRIL 08

MARÇO 08

FEVEREIRO 08

JANEIRO 08

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>posts recentes

> Inauguração

> Argumentário

> Rescaldo eleitoral

> Voto com sentido

> Pré-campanha quente

> Debate autárquico - 2ª Pa...

> Debate autárquico - 1ª Pa...

> Argumentário de Agosto

> Ambientalistas contra par...

> Argumentário de Julho

> O filho pródigo

> Felicidades, Júlio Vieira

> Argumentário de Junho

> Uma questão pessoal

> Um Concelho de Freguesias

> Vêm aí o S. Pedro

> Argumentário de Maio

> Um repto

> Vida de repórter

> Não há factos, só silênci...

>pensar

>edição

>pesquisar

 

>arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Novembro 2007

> Outubro 2007

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

> Junho 2007

> Maio 2007

> Abril 2007

> Março 2007

> Fevereiro 2007

> Janeiro 2007

> Dezembro 2006

> Novembro 2006

> Outubro 2006

> Agosto 2006

> Julho 2006

>this in English

>feeds