Intervenção cívica. Pela PALAVRA livre e responsável, com Porto de Mós como pano de fundo.

NOTÍCIAS porto de mós

Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Saúde: uma reforma para quê?

          A reforma do Sistema Nacional de Saúde está a introduzir alterações profundas no mundo da saúde e a provocar fenómenos esperados de resistência à mudança em muitos médicos, enfermeiros e pessoal administrativo mas também, em alguns casos, nos utentes e no próprio poder autárquico. Importa desde já, saber quais o impacto que tal reforma irá produzir em concreto no nosso concelho. Afinal, a Reforma serve para quê?

          Iniciamos aqui a reflexão sobre as consequências da reforma do sistema de saúde no nosso município e gostaríamos de convidar publicamente para este debate, os nossos dirigentes políticos, a administração local e regional de saúde, órgãos de comunicação social locais, cidadãos profissionais de saúde e os leitores em geral.

          Desde já, seria importante obter da Administração Regional de Saúde respostas, tão esclarecedoras quanto possível, às seguintes questões:
          - Porto de Mós já pertence a algum agrupamento de Centros de Saúde? Se não, a que agrupamento está previsto pertencer e onde ficará instalado o órgão de gestão do agrupamento?
          - Porto de Mós já tem alguma USF- Unidade de Saúde Familiar ? Se não, qual o número de USF previstas para o concelho e que freguesias têm mais probabilidade de as receber.
          - Com a entrada em funcionamento das USF, qual o destino das Extensões de Saúde instaladas em todas as sedes de freguesia? Vão coexistir com as USF ou serão gradualmente desactivadas?
          - Neste contexto, que viabilidade terá futuramente a novíssima extensão de saúde da freguesia de Serro Ventoso e a construção - reclamada pelos autarcas e população - de novas instalações de saúde nas freguesias de Mendiga, Juncal e Alqueidão da Serra?

          Acrescentamos que estas perguntas já foram endereçadas por duas vezes (13 e 18 de Fevereiro) à ARS do centro mas que, até ao momento, não obtiveram qualquer resposta. Este facto, contudo, não deverá evitar que o debate seja feito.

publicado por Joga às 00:01

link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Ana Narciso a 22 de Março de 2008 às 21:53
Se bem percebi , as USF apostam numa gestão diferente para os cuidados de saúde de proximidade. Exige engenho , arte e sobretudo que o Ministério da Saúde pague em tempo devido a quem deve.
De Anónimo a 20 de Março de 2008 às 23:33
Joca, o problema é que a maior parte do politicos que temos na nossa praça, até jogam bem, ( Mas a bola é que atrapalha ) porque o dinheiro chega lhe às maos com pouco ou nenhum esforço e então é esbanjar de maneira que não se percam as próximas eleições. E decidir é que não é com eles. O que se passa na instalação dos equipamentos de saúde é uma vergonha para quem nestes anos teve oportunidade para decidir e não o fez e agora esta especie de equipa que está na camara continua na mesma.
Sou natural da Mendiga, tenho alguma " inveja" do que está a ser feito em Serro Ventoso, mas acho que o Presidente da Junta fez muito bem. Já que não decidiam nada, deixou os a falar sozinhos e fez a construção do centro de saúde com espaço e condições.
Aqui na Mendiga, no Juncal ou Alqueidão continuamos dependentes de que os iluminados e parados autarcas que temos nos paços do concelho decidam nada.
O problema do nosso concelho é falta de massa " mas cinzenta ".
Perfilem-se, aprumem-se porque daqui a ano e meio, la os teremos todos a bica para mais um " emprego ".
Gostam tanto do seu concelho ... e do umbigo tambem ...

Colocamo los lá, agora teremos que esperar pela nova geração ...

Eu só estou a apostar nos meninos do Jardim de Infância , nos da primária começa a ser arriscado...

António

Comentar post

>alerta gripe A

Clique aqui

Veja AQUI as recomendações do Departamento de Saúde Pública do Ministério da Saúde.

 

 

>pensamento do mês

 

>bloco de notas

 
   
>twitter

Segue-me em http://twitter.com
 
 

>vox pop

>iniciativas

 

PrémioPM

saber mais

ver candidatos

 

>videos


 

Impulso Tecnológico

Vídeo-documento

Quebar barreiras

Concelho turístico

Prevenir, prevenir, prevenir

Espírito de Natal

Há Movimento na Serra

PDM com Rosto Humano

>pensamento lógico

 

JUNHO

MAIO 09

ABRIL 09

MARÇO 09

FEVEREIRO 09

JANEIRO 09

DEZEMBRO 08

NOVEMBRO 08

OUTUBRO 08

SETEMBRO 08

AGOSTO 08

 JULHO 08 

 JUNHO 08

MAIO 08

ABRIL 08

MARÇO 08

FEVEREIRO 08

JANEIRO 08

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>posts recentes

> Inauguração

> Argumentário

> Rescaldo eleitoral

> Voto com sentido

> Pré-campanha quente

> Debate autárquico - 2ª Pa...

> Debate autárquico - 1ª Pa...

> Argumentário de Agosto

> Ambientalistas contra par...

> Argumentário de Julho

> O filho pródigo

> Felicidades, Júlio Vieira

> Argumentário de Junho

> Uma questão pessoal

> Um Concelho de Freguesias

> Vêm aí o S. Pedro

> Argumentário de Maio

> Um repto

> Vida de repórter

> Não há factos, só silênci...

>pensar

>edição

>pesquisar

 

>arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Novembro 2007

> Outubro 2007

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

> Junho 2007

> Maio 2007

> Abril 2007

> Março 2007

> Fevereiro 2007

> Janeiro 2007

> Dezembro 2006

> Novembro 2006

> Outubro 2006

> Agosto 2006

> Julho 2006

>this in English

>feeds