Intervenção cívica. Pela PALAVRA livre e responsável, com Porto de Mós como pano de fundo.

NOTÍCIAS porto de mós

Terça-feira, 14 de Novembro de 2006

O governo do município

         

           O executivo camarário está a cometer o erro de não ouvir a sociedade nem tão pouco uma boa parte da sua base de apoio. Parece que vê até com algum desconforto as sugestões que lhe são feitas, queixando-se de tentativa de partidarização pela comissão política do partido Socialista.


          Este é um argumento que importa ter em conta para perceber a natureza do poder que a maioria dos portomosenses colocou no governo do seu município.
          O quadro de pessoal da Câmara permanece estável e não consta que o partido Socialista tenha pressionado o executivo para a admissão de novos funcionários mediante a apresentação do cartão partidário. Esta sim, seria uma inaceitável forma de partidarização da Câmara Municipal.
          Sugerir, aconselhar, partilhar e rectificar informação são actos normais de solidariedade política  e de suporte entre um órgão autárquico e o partido que o apoia. Ou não é normal que o partido seja o primeiro interessado em que os candidatos que ratificou façam um bom mandato ao serviço das populações?
          Depois, parece despropositada a queixa de tentativa de partidarização do governo do município numa câmara em que apenas um dos quatro membros executivos é filiado no partido Socialista!
          A queixa ou lamento revelará então, por contraste, uma aspiração frustrada ab initio: a de governamentalizar a concelhia do PS à boa imagem da prática dos executivos de José Ferreira em relação ao PSD. Todos sabemos o que o concelho ganhou com isso.
          Maioria absoluta, não significa poder absoluto do presidente, vice-presidente ou vereadores constituindo o exercício do contraditório um bom método para a tomada de decisões justas. De resto, este exercício metódico só rebustece o argumentário do executivo no confronto político com a oposição.

          Na medida em que cultivarem o autismo na acção política, os nossos políticos profissionais deixarão emergir projectos pessoais de poder que, inevitavelmente, arrastarão consigo o pior da natureza humana ficando para trás o desenvolvimento estrutural do concelho. Uma vez mais…

publicado por Joga às 00:52

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Jorge Bastos a 15 de Novembro de 2006 às 19:33
É bom ver que ainda há pessoas que sabem olhar para o nosso concelho relatando os seus problemas com neutralidade e isenção.

Obrigado por teres adicionado o meu blog. Devo dizer que me sinto honrado e bastante satisfeito. Logo que tenha um espaço com blogs amigos adicionarei o teu com todo o gosto, até porque pretendo acompanhar a vida deste :)

Cumprimentos e continuação de um excelente trabalho.

Comentar post

>alerta gripe A

Clique aqui

Veja AQUI as recomendações do Departamento de Saúde Pública do Ministério da Saúde.

 

 

>pensamento do mês

 

>bloco de notas

 
   
>twitter

Segue-me em http://twitter.com
 
 

>vox pop

>iniciativas

 

PrémioPM

saber mais

ver candidatos

 

>videos


 

Impulso Tecnológico

Vídeo-documento

Quebar barreiras

Concelho turístico

Prevenir, prevenir, prevenir

Espírito de Natal

Há Movimento na Serra

PDM com Rosto Humano

>pensamento lógico

 

JUNHO

MAIO 09

ABRIL 09

MARÇO 09

FEVEREIRO 09

JANEIRO 09

DEZEMBRO 08

NOVEMBRO 08

OUTUBRO 08

SETEMBRO 08

AGOSTO 08

 JULHO 08 

 JUNHO 08

MAIO 08

ABRIL 08

MARÇO 08

FEVEREIRO 08

JANEIRO 08

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>posts recentes

> Inauguração

> Argumentário

> Rescaldo eleitoral

> Voto com sentido

> Pré-campanha quente

> Debate autárquico - 2ª Pa...

> Debate autárquico - 1ª Pa...

> Argumentário de Agosto

> Ambientalistas contra par...

> Argumentário de Julho

> O filho pródigo

> Felicidades, Júlio Vieira

> Argumentário de Junho

> Uma questão pessoal

> Um Concelho de Freguesias

> Vêm aí o S. Pedro

> Argumentário de Maio

> Um repto

> Vida de repórter

> Não há factos, só silênci...

>pensar

>edição

>pesquisar

 

>arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Novembro 2007

> Outubro 2007

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

> Junho 2007

> Maio 2007

> Abril 2007

> Março 2007

> Fevereiro 2007

> Janeiro 2007

> Dezembro 2006

> Novembro 2006

> Outubro 2006

> Agosto 2006

> Julho 2006

>this in English

>feeds