Intervenção cívica. Pela PALAVRA livre e responsável, com Porto de Mós como pano de fundo.

NOTÍCIAS porto de mós

Quinta-feira, 27 de Agosto de 2009

Ambientalistas contra parque eólico

Três associações ambientalistas chumbam a aprovação do parque eólico de S. Bento. Presidente da Câmara de Porto de Mós rejeita argumentação dos ambientalistas e puxa pelos galões: "Se alguém tem preservado o património daquela zona, tem sido a Câmara". Está lançado o debate em período pré eleitoral.

 
         Claro que este tema não é decisivo para o resultado de uma eleição no nosso concelho pois ainda não somos muito sensíveis às questões ambientais. Preferimos o tijolo, o cimento... e os aerogeradores em força nas nossas serras, a um desenvolvimento sustentável do nosso concelho. Os ambientalistas da Quercus, Oikos e LPN põem o dedo na ferida e não deixa de ser sintomático que estas associações estejam contra a implantação dos 42 aerogeradores de energia limpa naquela zona do Porque Natural.
          Para o poder municipal, esta deveria ser uma oportunidade de reflexão séria e serena, livre das atoardas demagógicas do presidente Salgueiro. No fundo, trata-se de saber como conciliar com equilíbrio a qualidade visual e o valor económico das actividades de turismo cultural e de natureza com a produção de energia limpa numa visão estratégica de futuro. Um parque eólico da dimensão do anunciado naquela zona natural contribui para esta visão? Possivelmente não. Por isso é que há estudos de impacto ambiental e a discussão em torno deles. De resto, o impacto visual está cada vez mais na ordem do dia e na Holanda, por exemplo, onde esta indústria está mais desenvolvida, estão já a aparecer as primeiras consequências dele na vida das pessoas, tal a densidade de torres e aerogeradores. E não se diga que a proliferação de parques eólicos no nosso concelho não poderá afectar as actividades de turismo de natureza, ainda em fase de consolidação.
          Sintoma de uma atitude imediatista, de dinheiro fácil para a Câmara (e apenas para ela) está o facto da Autarquia já ter aprovado a suspensão do PDM para aquela zona. Os pesos e as medidas do executivo municipal também se vêem reflectidos na falta de apoio aos exploradores da calçada, uma actividade que dá alguma coesão ao tecido socioeconómico local. Tem razão Salgueiro quando diz à agência Lusa que "se alguém tem preservado o património daquela zona, tem sido a Câmara". Que o digam os exploradores da calçada à portuguesa! Porquê então esta facilidade toda na viabilidade deste projecto de energia eólica?
          É obrigatório, do meu ponto de vista, ou no mínimo saudável, que os programas eleitorais dos candidatos à presidência da Câmara tenham em conta este tema e a sua visão sobre ele, nos programas eleitorais que irão colocar a sufrágio e que o Ministério Público e a IGAL tenham sobre controlo as actividades dos presidentes das autarquias que negoceiam investimentos desta grandeza para os concelhos que dirigem. Para que não haja sombra de suspeita de favorecimentos ilícitos.
 
Ver Notícia 

Segue João Gabriel no TwitterVeja o meu Facebook

 

 

publicado por Joga às 00:01

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 7 de Agosto de 2009

Argumentário de Julho

“Em Porto de Mós não se passa nada durante todo um ano que não sejam as Festas de S. Pedro!”

         CLARISSE LOURO, docente no Ensino Superior, in Jornal de Leiria.


PensarAnimado

      

      "[As medalhas] não chegaram às mãos das pessoas distinguidas.”

          ►JOÃO SALGUEIRO, candidato PS à Câmara, justificando a cerimónia de entrega de medalhas de mérito do concelho, in Jornal de Leiria.


 

       “Deixaram passar o mandato e agora, por puro oportunismo, entregam as medalhas, três meses antes das eleições.”

          ►JÚLIO VIEIRA, candidato PSD à Câmara, fazendo reparo à cerimónia, in Jornal de Leiria.


       ”O alvará de licença (...) é emitido pelo presidente da Câmara Municipal."

      ►DEC. LEI 309/2002, ART. 12, a propósito do licenciamento de recintos de espectáculos e de diversões, e do cancelamento da tourada nas festas de S. Pedro, in O Portomosense.


 

     “Há secções da Câmara que andam sem orientação."

      ►JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS, funcionário municipal e delegado do IGAC, a propósito do cancelamento da tourada, in O Portomosense.

 


     

 

© Statler & Waldorf são dois personagens da série "The Muppet Show", uma criação de Jim Henson. 

 

Segue João Gabriel no TwitterVeja o meu Facebook

 

 

publicado por Joga às 00:37

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

>alerta gripe A

Clique aqui

Veja AQUI as recomendações do Departamento de Saúde Pública do Ministério da Saúde.

 

 

>pensamento do mês

 

>bloco de notas

 
   
>twitter

Segue-me em http://twitter.com
 
 

>vox pop

>iniciativas

 

PrémioPM

saber mais

ver candidatos

 

>videos


 

Impulso Tecnológico

Vídeo-documento

Quebar barreiras

Concelho turístico

Prevenir, prevenir, prevenir

Espírito de Natal

Há Movimento na Serra

PDM com Rosto Humano

>pensamento lógico

 

JUNHO

MAIO 09

ABRIL 09

MARÇO 09

FEVEREIRO 09

JANEIRO 09

DEZEMBRO 08

NOVEMBRO 08

OUTUBRO 08

SETEMBRO 08

AGOSTO 08

 JULHO 08 

 JUNHO 08

MAIO 08

ABRIL 08

MARÇO 08

FEVEREIRO 08

JANEIRO 08

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

>posts recentes

> Inauguração

> Argumentário

> Rescaldo eleitoral

> Voto com sentido

> Pré-campanha quente

> Debate autárquico - 2ª Pa...

> Debate autárquico - 1ª Pa...

> Argumentário de Agosto

> Ambientalistas contra par...

> Argumentário de Julho

> O filho pródigo

> Felicidades, Júlio Vieira

> Argumentário de Junho

> Uma questão pessoal

> Um Concelho de Freguesias

> Vêm aí o S. Pedro

> Argumentário de Maio

> Um repto

> Vida de repórter

> Não há factos, só silênci...

>pensar

>edição

>pesquisar

 

>arquivos

> Outubro 2009

> Setembro 2009

> Agosto 2009

> Julho 2009

> Junho 2009

> Maio 2009

> Abril 2009

> Março 2009

> Fevereiro 2009

> Janeiro 2009

> Dezembro 2008

> Novembro 2008

> Outubro 2008

> Setembro 2008

> Agosto 2008

> Julho 2008

> Junho 2008

> Maio 2008

> Abril 2008

> Março 2008

> Fevereiro 2008

> Janeiro 2008

> Dezembro 2007

> Novembro 2007

> Outubro 2007

> Setembro 2007

> Agosto 2007

> Julho 2007

> Junho 2007

> Maio 2007

> Abril 2007

> Março 2007

> Fevereiro 2007

> Janeiro 2007

> Dezembro 2006

> Novembro 2006

> Outubro 2006

> Agosto 2006

> Julho 2006

>this in English

>feeds